19a. Mostra Tiradentes
Página Inicial > Notícias

Notícias

18ª MOSTRA DE TIRADENTES ANUNCIA SELEÇÃO E EXIBIÇÃO DE 90 CURTAS-METRAGENS NA PROGRAMAÇÃO DE FILMES
Publicada em: 16/12/2014 | 10:00

Filmes de 16 estados brasileiros distribuidos em nove seções temáticas integram a programação do evento

Uma das principais vitrines de descobertas e surpresas da produção audiovisual brasileira, a programação de curtas-metragens da 18ª Mostra de Cinema de Tiradentes exibirá 90 filmes oriundos de 16 estados brasileiros, divididos em nove seções temáticas. A edição 2015 da Mostra acontece na cidade histórica mineira entre os dias 23 e 31 de janeiro. O público vai conferir as exibições gratuitas nos três espaços instalados para o evento: Cine BNDES na Praça (Largo das Fôrras), Cine-Tenda e Cine-Teatro Sesi Tiradentes - Centro Cultural Yves Alves).

A seleção de curtas ficou a cargo dos curadores Cléber EduardoFrancis Vogner e Pedro Maciel Guimarães. Dos 90 selecionados, oito são animações, 19 documentários, 54 ficções e nove filmes experimentais dos seguintes estados brasileiros - Amazonas (1), Bahia (5), Ceará, (5), Distrito Federal (2), Mato Grosso do Sul (1), Minas Gerais (18), Paraíba (2), Paraná (4), Pernambuco (6), Rio de Janeiro (11), Rio Grande do Sul (6), Santa Catarina (1) e São Paulo (28).

Os curtas serão exibidos em nove de nove mostras temáticas, sendo que uma delas, a Mostra Foco (12 curtas), será avaliada pelo júri da crítica. As demais seções se denominam Panorama (22 curtas), Dissonâncias (9), Praça (14), Cena Mineira (7), Cena Regional (4), Formação (8), Jovem (4) e Mostrinha (10).

Uma das novidades deste ano é a Mostra Dissonâncias, que apresentará curtas defendidos por apenas um ou dois curadores, mas com direta reprovação de pelo menos um dos três. O objetivo é transformar as divergências em novas formas de proposições a partir de caminhos e pensamentos controversos e questionadores. Filmes como "A Máquina do Tempo" (SC), de Gustavo Jahn e Melissa Dullius, "Filme Situacionista ou Todas as circunstâncias são agravantes" (SP), de Arthur Freitas, "Ossos" (SP), de Helena Ignez, e "Sem Título # 1: Dance of Leitfossil" (SP), de Carlos Adriano, compõem a grade e polarizaram o processo de curadoria, permitindo-lhe olhares discrepantes e instigantes.

Na Mostra Foco, a ser avaliado pelo júri da crítica e cujo ganhador leva o Troféu Barroco e prêmios de parceiros do festival para o incentivo a novas produções, há curtas de diferentes propostas. "São filmes que transitam do ensaísmo poético ao ensaísmo político, da narrativa mais aberta à narrativa mais encadeada, do jogo simbólico aos rastros da vida na imagem, compondo um time de realizadores em diferentes momentos do curta, alguns se apresentando pela primeira vez em Tiradentes, outros já frequentadores de festivais", descreve um dos curadores, Cléber Eduardo.

Outro elemento a chamar atenção foi a grande presença de filmes universitários participando das mais variadas seções da mostra de curtas em Tiradentes. "Muitos trabalhos vieram de faculdades ou de cursos livres de cinema e foram selecionados para a Foco, a Panorama e a Praça", destaca Cléber Eduardo, que reforça a importância também da Mostra Formação, "um micromapeamento de possibilidades estéticas em curtas feitos em cursos especializados"

 

RELAÇÃO DOS CURTAS SELECIONADOS EM ORDEM ALFABÉTICA

 

A boneca e o silêncio, de Carol Rodrigues – SP (Mostra Panorama)

A Clave dos Pregões, de Pablo Nóbrega – PE (Mostra Panorama)

A Era de Ouro, de Miguel Antunes Ramos e Leonardo Mouramateus – SP (Mostra Foco)

A fugitiva, de Marina Kosa – SP (Mostra Formação)

A Hora Azul, de Giovani Barros – RJ (Mostra Panorama)

A Máquina do Tempo, de Gustavo Jahn e Melissa Dullius – SC (Mostra Dissonâncias)

A Nau dos Loucos, de Daniela Seabra e Guilherme Savioli – SP (Mostra Formação)

A outra margem, de Nathália Tereza – MS (Mostra Foco)

A Pequena Vendedora de Fósforos, de Kyoko Yamashita – RS (Mostra Praça)

A vida que a gente ouve falar, de Julia Tami Ishikawa – SP (Mostra Praça)

A+B=C, de Steffi Braucks – SP (Mostra Foco)

Action Painting No. 1 / No. 2, de Krefer e Turca – PR (Mostra Panorama)

Agreste, de Dellani Lima – MG (Mostra Panorama)

Algum Lugar no Recreio, de Caroline Fioratti – SP (Mostra Jovem)

Amor Pelo Seu Trabalho, de Pedro Elias – RJ (Mostra Panorama)

Apite, de Matheus Engenheiro e Miriam Azevedo – MG (Mostra Cena Regional)

Arianas, de Hylnara Anny Vidal – CE (Mostra Panorama)

Armat Jakawinaka - Vidas Ausentes, de Ronaldo Dimer – SP (Mostra Foco)

As Aventuras de Minuano Kid, de Edison Rodrigues e Pedro Antoniutti – RS (Mostrinha)

Boa Morte, de Débora de Oliveira – MG (Mostra Panorama)

Canto de Outono, de André Antônio – PE (Mostra Panorama)

Cantos da terra verde, de Gabriel Bilig – MG (Mostra Cena Mineira)

Castillo y el Armado, de Pedro Harres – RS (Mostra Praça)

Charles Dimileto, de Henrique Vale – MG (Mostra Cena Regional)

Corações Sangrantes, de Jorge Polo – RJ (Mostra Panorama)

Curitiba: a maior e melhor cidade do mundo, de William Biagioli – PR (Mostra Praça)

De Castigo, de Helena Ungaretti – SP (Mostra Praça)

Dia da Mentira, de Thiago B. Mendonça e Marco Escrivão – SP (Mostra Praça)  

Doce de Goiabada, de Fernanda Rocha – DF (Mostrinha)         

Doutor Magarinos, advogado do morro, de Ludmila Curi – RJ (Mostra Praça)

Ensaio Sobre Minha Mãe, de Jocimar Dias Jr. – RJ (Mostra Panorama)

Esperando Gordão, de Thiago B. Mendonça – SP (Mostra Praça)

Estátua!, de Gabriela Amaral Almeida – SP (Mostra Foco)

Este ambiente está sendo filmado?, de Vinícius Lima Costa – SP (Mostra Formação)

Estudo de Persistência, de Krefer – PR (Mostra Panorama)

Eu, de Lucas Ferraço Nassif – RJ (Mostra Dissonâncias)

Filme Selvagem, de Pedro Diógenes – CE (Mostra Foco)

Filme Situacionista ou Todas as circunstâncias são agravantes, de Arthur Freitas – SP (Mostra Dissonâncias)

Fluxos, de Diego Akel – CE (Mostrinha)

Gadanthara - Um Fragmento da Biblioteca de Por Menores, de Filipe Dilly – MG (Mostra Praça)

História de Abraim, de Otavio Cury – SP (Mostra Dissonâncias)

História Natural, de Júlio Cavani – PE (Mostra Praça)

Homem na Estrada, de Felipe Terra – SP (Mostra Foco) 

Ilha, de Ismael Moura – PB (Mostra Foco)    

Inferno, de João Marciano Neto – BA (Mostra Formação)

Javaporco, de Leandro das Neves e Will Domingos – RJ (Mostra Panorama)

John Feldman e a Moto, de Rodrigo Gasparini – SP (Mostra Jovem)

José Baleia, de Julio Cruz – MG (Mostra Panorama) 

Korea, de Thiago Taves Sobreiro – MG (Mostra Jovem)

Kyoto, de Deborah Viegas – SP (Mostra Praça)

Loja de Répteis, de Pedro Severien – PE (Mostra Panorama)

Marx Pode Sair, de Carol Caniato, Eduardo Malvacini, Otávio Campos, Rafaella Pereira, Stephanie Costa – MG (Mostra Cena Mineira)

Materno, de Alequine Sampaio e Ruy Dutra – BA (Mostra Panorama)

Max Uber, de Andre Amparo – MG (Mostra Cena Mineira)

Menina Bonita do Laço de Fita, de Diego Lopes e Claudio Bitencourt – PR (Mostrinha)

Menino da Gamboa, de Pedro Perazzo e Rodrigo Luna – BA (Mostra Praça)

Miragem, de Virgínia Pinho – CE (Mostra Formação)

Na Realidade, de Rodrigo Bitti – RJ (Mostra Formação)

Ninja, de Marcelo Marão – SP (Mostrinha)

No dia em que lembrei da viagem a Bicuda, de Vitor Medeiros – RJ (Mostra Foco)

Nossas desculpas, de Raul Parreira Maciel – MG (Mostra Cena Mineira)

O Corpo, de Lucas Cassales – RS (Mostra Foco)

O extraordinário caso do sr. A, de Jackson Abacatu – MG (Mostra Cena Mineira)

O filme de Carlinhos, de Henrique Filho – BA (Mostrinha)

O Grande Vencedor, de Thiago Taves Sobreiro – MG (Mostra Cena Mineira)

O monstro e a floresta, de Myl Hause – BA (Mostrinha)

O Real, de Bruno Marra – SP (Mostra Dissonâncias)

Onde Deus é uma nota de $100, de Alice Riff e Luciano Onça – SP (Mostra Praça)

Ossos, de Helena Ignez – CE (Mostra Dissonâncias)

Outubro Acabou, de Karen Akerman e Miguel Seabra Lopes – RJ (Mostra Foco)

Oxalá e a Criação do Mundo, de Denis Leroy – MG (Mostrinha)

Pele de Concreto, de Daniel de Bem – RS (Mostra Panorama)

Pesadelo de classe, de Luiz Cruz – SP (Mostra Dissonâncias)

Pontos de Vista, de Fábio Yamaji – SP (Mostra Dissonâncias)

Quito, de Rui Calvo – SP (Mostra Jovem)

Rua da Solidariedade, de Jader Chahine e João Paulo Bocchi – SP (Mostra Praça)

Ruim é ter que trabalhar, de Lincoln Péricles – SP (Mostra Panorama)

Sandrine, de Elen Linth e Leandro Rodrigues – AM (Mostra Panorama)

Sansão, de David Azevedo – MG (Mostrinha)

Santa Rosa, de João Paulo Palitot – PB (Mostra Panorama)

Se Essa Lua Fosse Minha, de Larissa Lewandoski e Pedro Gossler – RS (Mostra Formação)

Sem Coração, de Nara Normande e Tião – PE (Mostra Panorama)

Sem Título # 1: Dance of Leitfossil, de Carlos Adriano – SP (Mostra Dissonâncias)

Sem Você a Vida é Uma Aventura, de Alice Andrade Drummond – SP (Mostra Panorama)

Sonho de Sara, de Sara não tem Nome e Gabraz – MG (Mostra Cena Mineira)

Terra do Desejo, de Marlon de Paula, Gustavo Pavan e Endiara Cruz – MG (Mostra Cena Regional)

Tudo o que eu tenho vem daqui, de André N. P. Azevedo e Ruzza Lage – MG (Mostra Cena Regional)

Um ano novo danado de bom, de João Batista Melo – DF (Mostrinha)

Ventania, de Matheus Peçanha, Renata Spitz e Thiago Yamachita – RJ (Mostra Formação)

Virgindade, de Chico Lacerda – PE (Mostra Foco)

 

CURTAS SEPARADOS POR MOSTRA

 

MOSTRA FOCO

A Era de Ouro, de Miguel Antunes Ramos e Leonardo Mouramateus – SP

A outra margem, de Nathália Tereza – MS

A+B=C, de Steffi Braucks – SP

Armat Jakawinaka - Vidas Ausentes, de Ronaldo Dimer – SP

Estátua!, de Gabriela Amaral Almeida – SP

Filme Selvagem, de Pedro Diógenes – CE

Homem na Estrada, de Felipe Terra – SP

Ilha, de Ismael Moura – PB              

No dia em que lembrei da viagem a Bicuda, de Vitor Medeiros – RJ

O Corpo, de Lucas Cassales – RS

Outubro Acabou, de Karen Akerman e Miguel Seabra Lopes – RJ

Virgindade, de Chico Lacerda – PE (Mostra Foco)

 

MOSTRA PANORAMA

A boneca e o silêncio, de Carol Rodrigues – SP

A Clave dos Pregões, de Pablo Nóbrega – PE

A Hora Azul, de Giovani Barros – RJ

Action Painting No. 1 / No. 2, de Krefer e Turca - PR

Agreste , de Dellani Lima – MG

Amor Pelo Seu Trabalho, de Pedro Elias – RJ

Arianas, de Hylnara Anny Vidal – CE

Boa Morte, de Débora de Oliveira – MG

Canto de Outono, de André Antônio – PE

Corações Sangrantes, de Jorge Polo – RJ      

Ensaio Sobre Minha Mãe, de Jocimar Dias Jr. – RJ

Estudo de Persistência, de Krefer - PR

Javaporco, de Leandro das Neves e Will Domingos – RJ

José Baleia, de Julio Cruz – MG

Loja de Répteis, de Pedro Severien – PE

Materno, de Alequine Sampaio e Ruy Dutra – BA

Pele de Concreto, de Daniel de Bem – RS

Ruim é ter que trabalhar, de Lincoln Péricles – SP

Sandrine, de Elen Linth e Leandro Rodrigues – AM

Santa Rosa, de João Paulo Palitot – PB

Sem Coração, de Nara Normande e Tião – PE

Sem Você a Vida é Uma Aventura, de Alice Andrade Drummond – SP

 

MOSTRA DISSONÂNCIAS

A Máquina do Tempo, de Gustavo Jahn e Melissa Dullius – SC

Eu, de Lucas Ferraço Nassif – RJ

Filme Situacionista ou Todas as circunstâncias são agravantes, de Arthur Freitas – SP

História de Abraim, de Otavio Cury – SP

O Real, de Bruno Marra – SP

Ossos, de Helena Ignez – CE

Pesadelo de classe, de Luiz Cruz – SP

Pontos de Vista, de Fábio Yamaji – SP

Sem Título # 1: Dance of Leitfossil, de Carlos Adriano – SP

 

MOSTRA PRAÇA

A Pequena Vendedora de Fósforos, de Kyoko Yamashita – RS

A vida que a gente ouve falar, deJulia Tami Ishikawa – SP

Castillo y el Armado, de Pedro Harres – RS

Curitiba: a maior e melhor cidade do mundo, de William Biagioli – PR

De Castigo, de Helena Ungaretti – SP

Dia da Mentira, de Thiago B. Mendonça e Marco Escrivão – SP             

Doutor Magarinos, advogado do morro, de Ludmila Curi – RJ

Esperando Gordão, de Thiago B. Mendonça – SP

Gadanthara - Um Fragmento da Biblioteca de Por Menores, de Filipe Dilly – MG

História Natural, de Júlio Cavani – PE

Kyoto, de Deborah Viegas – SP

Menino da Gamboa, de Pedro Perazzo e Rodrigo Luna – BA

Onde Deus é uma nota de $100, de Alice Riff e Luciano Onça – SP

Rua da Solidariedade, de Jader Chahine e João Paulo Bocchi – SP

 

MOSTRA CENA MINEIRA

Cantos da terra verde, de Gabriel Bilig – MG

Marx Pode Sair, de Carol Caniato, Eduardo Malvacini, Otávio Campos, Rafaella Pereira, Stephanie Costa – MG

Max Uber, de Andre Amparo – MG

Nossas desculpas, de Raul Parreira Maciel – MG

O extraordinário caso do sr. A, de Jackson Abacatu – MG

O Grande Vencedor, de Thiago Taves Sobreiro – MG

Sonho de Sara, de Sara não tem Nome e Gabraz – MG

 

MOSTRA CENA REGIONAL

Apite, de Matheus Engenheiro e Miriam Azevedo – MG

Charles Dimileto, de Henrique Vale – MG

Terra do Desejo, de Marlon de Paula, Gustavo Pavan e Endiara Cruz – MG

Tudo o que eu tenho vem daqui, de André N. P. Azevedo e Ruzza Lage – MG

 

MOSTRA FORMAÇÃO

A fugitiva, de Marina Kosa – SP

A Nau dos Loucos, de Daniela Seabra e Guilherme Savioli – SP

Este ambiente está sendo filmado?, de Vinícius Lima Costa – SP

Inferno, de João Marciano Neto – BA

Miragem, de Virgínia Pinho – CE

Na Realidade, de Rodrigo Bitti – RJ

Se Essa Lua Fosse Minha, de Larissa Lewandoski e Pedro Gossler – RS

Ventania, de Matheus Peçanha, Renata Spitz e Thiago Yamachita – RJ

 

MOSTRA JOVEM

Algum Lugar no Recreio, de Caroline Fioratti – SP

John Feldman e a Moto, de Rodrigo Gasparini – SP

Korea, de Thiago Taves Sobreiro – MG

Quito, de Rui Calvo – SP

 

MOSTRINHA

As Aventuras de Minuano Kid, de Edison Rodrigues e Pedro Antoniutti – RS

Doce de Goiabada, de Fernanda Rocha – DF               

Fluxos, de Diego Akel – CE

Menina Bonita do Laço de Fita, de Diego Lopes e Claudio Bitencourt – PR

Ninja, de Marcelo Marão – SP

O filme de Carlinhos, de Henrique Filho – BA             

O monstro e a floresta, de Myl Hause – BA

Oxalá e a Criação do Mundo, de Denis Leroy – MG

Sansão, de David Azevedo – MG

Um ano novo danado de bom, de João Batista Melo – DF

 

***

A cidade de Tiradentes, localizada a 180km de BH e com apenas 7 mil habitantes, recebe durante a Mostra Tiradentes toda infra-estrutura necessária para sediar uma programação cultural abrangente e gratuita, que reúne todas as manifestações da arte. São instalados três espaços de exibição: o Cine BNDES na Praça, no Largo das Fôrras (espaço para mais de 1.000 espectadores); o Complexo de Tendas, que sedia a instalação do Cine-Tenda (com 700 lugares), e o Cine-Teatro (com platéia de 150 lugares), que funciona no Sesi Tiradentes - Centro Cultural Yves Alves – sede do evento.

 



< VOLTAR