19ª Mostra de Cinema de Tiradentes

Tema: Espaços em conflito
"...Espaços em Conflito, é o tema da 19ª Mostra de Cinema Tiradentes, que coloca essa discussão, sabe-se lá se de retorno a uma pegada mais forte, como epicentro do evento. Do filme de abertura, Serras da Desordem, que completa 10 anos nessa edição de homenagem a Andrea Tonacci, aos concorrentes da Mostra Aurora, a orientação geral é de não compactuar, negociar pouco e colocar as coisas em dissenso, sem receio de não agradar a quem acredita apenas em pactos nos quais, para não se perder a mão, cede-se os dedos. Não se trata de estabelecer hierarquia de valor entre filmes mais recuados e mais frontais no trato de seus conflitos e no percurso dos personagens, mas de identificar que, passado o período de 13 anos de Lula e Dilma na presidência, com aumento de investimento na área e da quantidade de filmes, chegou a hora da mordida..."

Homenagem – Andrea Tonacci

117 Filmes
57 sessões
35 longas
82 curtas
10 oficinas
280 alunos certificados
Público estimado: 35 mil pessoas

Filmes Vencedores

Júri Popular
Melhor Curta: MADREPÉROLA, de Deise Hauenstein – RS
Melhor Longa: GERALDINOS, de Pedro Asbeg e Renato Martins - RJ

Mostra Aurora
Júri da Critica
Melhor Longa : JOVENS INFELIZES OU UM HOMEM QUE GRITA NÃO É UM URSO QUE DANÇA, de Thiago B. Mendonça - SP

Mostra Transições
Júri Jovem
Melhor Longa: TROPYKAOS, de Daniel Lisboa - BA

Mostra Foco
Júri da Crítica
Melhor Curta: NOITE ESCURA DE SÃO NUNCA, de Samuel Lobo - RJ

Canal Brasil
Melhor Curta: ECLIPSE SOLAR, de Rodrigo de Oliveira - ES